C A PAULON

Não me siga estou perdido, mas o pior cego é aquele que nem sanfona toca.

Textos

Era um advogado
Um advogado foi surpreendido por uma blitz em alta velocidade. O guarda chegou para ele e disse:
- Por favor, posso ver sua habilitação.
- Não tenho, ela foi caçada na última blitz por eu ter estourado os pontos permitidos.
- Você não tem habilitação? Então me deixe ver o documento de propriedade do veículo.
- Não o tenho, porque o carro é roubado.
- Como é? O carro é roubado?
- Aliás, pensando melhor, quando fui guardar a arma no porta-luvas, lembro-me de ter visto uma pasta que acredito ser os documentos do carro sim.
- Você tem uma arma em seu porta-luvas?
- Claro meu amigo. Tive que matar a dona do carro e jogar seu corpo no porta-malas, afinal, se não houvesse violência seria um furto e não um roubo.
O guarda desesperado disse ao advogado:
- Aguarde um minuto, por favor.
Nisto chamou o Capitão pelo rádio, relatando todos os detalhes. O Capitão enviou vários policiais em reforço ao local, os quais ao chegarem cercaram o carro e com suas armas em punho, exigiram que ele descesse do carro.
Nisto, chega o Capitão ao advogado e diz:
- Posso ver sua habilitação?
- Claro, aqui está, diz o Advogado, entregando-a ao Capitão.
- O veículo é seu?
- Sim Senhor. Aqui estão os documentos.
- Por gentileza, abra seu porta-luvas bem lentamente.
O advogado todo solícito, abriu o porta-luvas que estava vazio.
O capitão então pediu que ele abrisse o porta-malas do veículo, no que também foi prontamente atendido, onde se averiguou também estar vazio.
Então o Capitão indignado disse ao Advogado:
- Eu não entendo, o guarda que o abordou chegou para mim e disse que o Senhor não tinha habilitação, que o carro era roubado, que o Senhor estava armado e que havia um corpo no seu porta-malas...
No que diz o advogado com cara de espanto:
- Olha que mentiroso, aposto que disse também que eu estava trafegando em excesso de velocidade.
Posso ir?
CA Paulon
Enviado por CA Paulon em 29/03/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras